Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Bebé foi rejeitado na creche - pobre criança, ainda nem nasceu e já está a levar tampas.

 

Fiz a inscrição aos 4 ou 5 meses de gravidez. Considerando que planeio tirar 9 meses de licença, a candidatura foi feita com mais de um ano de antecedência, e ainda assim não foi suficiente e fomos recambiados para um outro pólo, com menos condições, fora de mão e que não preenche todos os requisitos que queríamos.

 

Tudo bem.

 

Tratando-se de uma IPSS, calhou-nos a mensalidade máxima, que teremos que pagar a 50% durante 8 meses, apenas para garantir que, chegada a altura, o puto continua a ter vaga. Depois disso são 3 meses e meio de creche e termina o ano lectivo.

 

Não me parece bem.

 

Acho abusivo estar a pagar metade de uma mensalidade máxima durante tanto tempo sem usufruir de rigorosamente nada, não sendo sequer esta a nossa primeira escolha, e por isso mesmo começamos a considerar procurar alternativas, nem que sejam ligeiramente mais caras mensalmente mas que, globalmente - considerando os meses de utilização efectiva, a localização e condições da creche - compensem. Daí o título deste post: contem-me tudo! Será que ainda vou a tempo de procurar uma creche para o ano que vem? Desistindo desta candidatura na IPSS, somos banidos para todo o sempre? Este procedimento de pagar metade da mensalidade mesmo não usufruindo é normal em todo o lado? Não me escondam nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Imagem de perfil

De nervosomiudinho.blogs.sapo.pt a 19.07.2017 às 12:37

Normal nunca pode ser, é abusivo mas uma amiga minha teve que fazer isso. Pagar meses a fio por usufruto de dois meses.
Imagem de perfil

De Mia a 19.07.2017 às 16:55

Entendo que tenha que pagar algo, porque para o meu filho estar inscrito há outra criança que não tem lugar. Mas sejamos objectivos: a creche gasta zero connosco durante 8 meses, será justo pagar meia mensalidade máxima esse tempo todo?
Imagem de perfil

De Life Inc a 19.07.2017 às 13:59

Sinceramente, nem sequer sei se isso é legal tratando-se de uma IPSS. Quando foi da minha, só pude fazer a inscrição quando garantiram vaga...

xoxo
Marta
Imagem de perfil

De Mia a 19.07.2017 às 16:53

Ele a vaga já tem garantida, a questão é mesmo essa: tenho que pagar o ano todo para garantir que 8 meses depois ele pode ir. Mas parece-me abusivo o que se paga. É claro que compreendo que para o meu filho se manter inscrito está a tirar o lugar a outra criança, mas fogo, metade de uma mensalidade máxima é muito dinheiro para gastar em nada!
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 19.07.2017 às 20:54

Dá uma volta pelas particulares... se pagas a mensalidade máxima, é capaz de não ultrapassar "assim tanto - juntando-lhe o dinheiro que vais pagar "para nada"...
Os meus filhos já são adultos, não faço ideia de como as coisas se passam, mas de qualquer forma, foi o que me passou pela cabeça...
Imagem de perfil

De Mia a 21.07.2017 às 09:45

É exactamente isso que estou a pensar, acho que por 3 meses e meio se calhar nem que a mensalidade seja um pouco maior acaba por compensar no global. O meu receio é depois perder a vaga para o ano seguinte na IPSS...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2017 às 11:23

Isso só perguntando...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2017 às 11:59

O meu filho anda numa IPSS desde os 5 meses e não funcionou assim. Quando ele nasceu fui à Creche e perguntei se existiam vagas, disseram-me que sim fiz a inscrição para ele entrar no dia xx( 4 meses depois) e uma semana antes fui lá preencher a ficha com os dados todos e entregar os documentos que são pedidos. (cartão cidadão, declaração médica em como não é portador de nenhuma doença infectocontagiosa, declaração de IRS dos pais, etc(não me lembro mais)), e no mês que começou a frequentar é que começou a pagar. Não sei quais são os valores a que te referes mas nos privados apenas vais ter acordo com o Estadp a partir dos 3 anos (pré-escola), é uma questão de fazer contas e ver. Ah e pagas e mensalidade mas se o fores levar ou buscar fora do intervalo de horas 9:00-17:00 pagas mais o suplemento de horas que são mais 10€ ou 15€ por mês (nos privados que consultei também era assim). As despesas não ficam por aqui, no berçário e sala de um ano, tens que levar o leite, iogurtes, papas, frutas, etc, e a sopa enquanto ele estiver a fazer a intrudução dos alimentos, só depois de todos os legumes introduzidos e a carne é que passam a comer a sopa do infantário. E fraldas e toalhitas...
Imagem de perfil

De Mia a 26.07.2017 às 14:04

Neste caso, com excepção da questão da matrícula, é tudo igual: pagarei extra se for depois do horário, tenho que levar tudo o que o bebé coma com excepção das refeições principais, fraldas, toalhitas/compressas, tudo. Também a introdução de alimentos tem que ser feita em casa e só depois é que começa a comer a comida do infantário.  Entendo que é um sítio concorrido e seja necessário que os pais garantam, de alguma forma, que as crianças inscritas não estão a tirar uma vaga a outras crianças em vão. No entanto acho que 50% da mensalidade é tanto dinheiro!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.07.2017 às 12:04

O do meu filho também é muito concorrido pois é o único que tem apoio do estado até aos 3 anos, ou seja está sempre cheio, mas nunca se paga antes da criança começar a frequentar...A mim parece-me um roubo pagar o que não estás a usufruir, já basta quando eles ficam doentes durante o ano e mesmo assim paga-se sempre.
Imagem de perfil

De Mia a 27.07.2017 às 13:13

Pois, também acho!
Sem imagem de perfil

De Anónima a 28.07.2017 às 10:44

Algo está mal nessa IPSS, tenho experiência numa e foi diferente, desloquei-me à instituição e disseram que tinha lista de espera  mas podia pré-inscrever e assim fiz. Porque quando mudam de sala abrem vagas , ou seja berçário passa para sala de um ano , e sucessivamente. Procurei alternativas, esteve somente 2 meses em privado, dado que me contactaram da IPSS porque tinham vagas, aceitei logo, fui inscrever e só quando começou a frequentar paguei. Em termos do que tenho de levar - fraldas, toalhitas, creme muda fralda , leite. Quando iniciou sopa, fruta , papa,  informei e come igual aos outros bebes, fornecido pela instituição. Somente levo iogurtes porque para já são os naturais sem açucar . 
Imagem de perfil

De Mia a 28.07.2017 às 13:59

Sim, nesta também supostamente haverá vaga depois no outro pólo quando sair do berçário, vamos ver... Também me parece um bocado abusiva esta situação.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Oh, não gostaste do que escrevi?




Quem vem lá

Site Meter