Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Newborn survival hacks

por Mia, em 11.10.17

Ou "as dicas que eu gostava que alguém me tivesse dado". Ideias, sugestões e outras coisitas que eu fui descobrindo e que me ajudaram nos primeiros dias com o bebé.

 

  1. Fraldas com indicador de humidade. Já falei disso aqui, esqueçam todas as outras, isto é o maior salva-vidas e dá um jeito tremendo, principalmente naqueles primeiros dias em que os bebés urinam duas gotinhas e uma pessoa sabe lá se as fraldas estão sujas ou não.

  2. Arranjar um cestinho com material para a muda da fralda e tê-lo sempre à mão. Não é preciso muito: fraldas, compressas, um resguardo e um frasquinho com água lavante. Em instantes muda-se uma fralda sem ter que ir ao trocador.

  3. Chupeta: esqueçam aqueles fundamentalismos que dizem que o bebé não deve usar chupeta. Lutei contra isso uma noite inteira e depois cedi: pequeno monstrinho usa chupeta e dorme calminho, sem choros. Além disso, diz que ajuda a reduzir o risco de morte súbita.

  4. Amamentar às escuras, ou na penumbra, de noite. Não falar com o bebé. Não fazer contacto visual. Naquela fase em que temos que o acordar para comer, ele come, arrota, muda-se a fralda e está a dormir novamente em menos de nada (quase sempre).

  5. Falando na alimentação nocturna: tirar o leite com a bomba e substituir uma das mamadas pelo biberão, idealmente dado pelo pai. Divisão de tarefas é uma coisa bonita, e a mãe precisa MUITO de dormir mais do que 2h seguidas. Mesmo que não seja o pai a dar: o biberão é imensamente mais rápido de dar do que a mama.

  6. Dormir com uma fraldinha de pano enrolada junto à cabeça: o bebé sente algum conforto e adormece rapidamente. Atenção: só de dia, sob vigilância, e com muito cuidado para não obstruir as vias respiratórias.

  7. Almofada de alfazema para as cólicas: a nossa é da Erva Ursa, e tem ajudado imenso. As instruções dizem para aquecer 30 segundos mas eu acho muito quente para um bebé. Aqueço 18 segundos (sim, assim tão específico) e coloco na barriguinha. No melhor cenário passado um bocado temos uma fralda suja, no pior ele adormece. Nenhum dos dois é mau.

  8. Massagem aos pés para dormir: não funcionará com todos, mas no meu é tiro e queda!

  9. Banho à noite - e quando digo à noite é tipo 22h. Banho, maminha, xixi, cama. Por aqui dá direito a 4h de sono seguidinhas, quase sempre.

  10. Objecto de transição + música para dormir. Sei que ainda é cedo, mas de pequenino é que se torce o pepino. Controlamos muito pouca coisa com um bebé tão pequeno, mas esta não falha: na hora de dormir, aconchegamos o bóbi ao pé dele e ligamos a caixinha de música. Positivo: ele gosta de adormecer a apertar-nos o dedo, e começou a habituar-se a apertar o cão e adormecer assim, deixando-nos a mão livre para outras coisas, por exemplo fazer-lhe festinhas na cabeça; quando ouve aquela música, começa sempre a fechar os olhinhos. Atenção: brinquedos num bebé tão pequeno, sempre sob vigilância. Quando ele adormece, tiramos-lhe o cão.

  11. Chupetas da Avent: vêm com uma tampinha que dá um jeitão.

  12. Usar uma app para controlar os xixis, cocós, mamadas e sonos do bebé. Aqui usamos esta, que ainda tem a grande vantagem de poder ser partilhada por ambos os pais em telemóveis diferentes, apresentar dicas diárias, milestones de cada momento, e controle de peso, altura e perímetro cefálico.

 

 

E vocês? Partilhem comigo as vossas dicas de sobrevivência!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:49



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Oh, não gostaste do que escrevi?




Quem vem lá

Site Meter