Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pedrógão Grande

por Mia, em 19.06.17

Não é muito habitual verem-me a falar dos flagelos da humanidade no blog. Não que me passe ao lado, longe disso. Não que não queira saber. Mas sinto, na maioria das vezes, ou não sei o suficiente sobre o assunto, ou que já tudo foi dito e não tenho nada de válido a acrescentar.

 

 

Ah, porque tu só falas de temas sérios, e de forma extremamente calma e ponderada - dirão alguns enquanto reviram os olhos.

Nada disso. Mas há assuntos que são, efectivamente, graves. E como tal não devem, a meu ver, ser abordados em tom de brincadeira.

 

 

Desde sábado à noite que me custa respirar - mais do que o habitual. Esta tragédia abalou-me como nenhuma outra alguma vez o fez. Tirou-me o sono, deu-me pesadelos, pos-me num estado depressivo sem explicação. Não consigo sequer imaginar o horror que aquelas pessoas terão passado, nem o inferno dos que ficaram.

Faltam-me as palavras, e sinto que qualquer outro tema que aqui aborde é demasiado pequenino. Também eu tenho as minhas teorias sobre o estado da nação e o quão evitável poderia ter sido este desfecho, mas não me parece que seja o momento de apontar dedos.

 

 

É altura de chorar os mortos, curar os feridos e fazer o luto, por isso, este blog ficará em silêncio por um bocadinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Aninhas a 20.06.2017 às 11:41

Está imensa tragédia, tocou-nos a todos!:-(
Imagem de perfil

De Mia a 22.06.2017 às 09:58

Mesmo, nunca tinha visto uma coisa assim...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Oh, não gostaste do que escrevi?




Quem vem lá

Site Meter