Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Às vezes tenho dificuldade em entender onde fica a linha que separa o que é aceitável escrever num blogue, daquilo que é demasiada informação, que não é prudente ou bonito partilhar. Se, por um lado, este blog funciona como uma espécie de diário para mim, um sítio onde posso vomitar ideias e teorias escondida atrás do meu anonimato, por outro tenho muitas vezes receio de estar a falar mais do que devia, de me expor demasiado, ou simplesmente - admito - que escreva coisas que não são bonitas de ler. A título de exemplo: tenho há mais de um mês um texto nos rascunhos cuja escrita me ajudou bastante porque me permitiu arrumar ideias e perceber melhor a situação que estava a viver. Gostava de o ter publicado porque teria apreciado ler outras opiniões e quem sabe a perspectiva de quem está de fora. Cheguei, inclusivamente, a tê-lo agendado, mas entretanto cancelei a sua publicação. O texto era sobre uma situação familiar, e comecei a pensar no que sentiria a pessoa visada se o lesse, e, ainda que isso tivesse uma probabilidade infima de acontecer, acabei por optar por não o publicar. Não sei se fiz bem ou mal, mas decidi assim. E vocês? Escrevem sem filtro ou pesam o impacto das vossas palavras? Onde traçam o limite?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:04


13 comentários

Imagem de perfil

De nervosomiudinho.blogs.sapo.pt a 24.10.2017 às 11:06

Escrevo muitas vezes sem filtro e pareço muito mais chateada do que estou e também detestaria que alguns visados lessem porque não iam perceber a ironia, sarcasmo e levar a peito e achar que levo as coisas muito mais a sério do que levo.
Imagem de perfil

De Mia a 26.10.2017 às 22:43

Acho que quando escrevemos a quente às vezes parece pior do que realmente é... mas alivia - pelo menos a mim. Tento escrever mais ou menos sem filtro, mas acho que acaba por ser um pouco inevitável ponderar minimamente o que digo.
Imagem de perfil

De VeraPinto a 24.10.2017 às 11:19

Ando aqui numa luta precisamente sobre esse assunto. Achei que em diversas vezes fui longe de mais, e ora coloca o blog privado, ora afinal ponho público mas refreio os meus desabafos. Ou a melhor técnica que arranjei ultimamente:
Coloco o post só acessível para quem eu sigo, e assim sei que só quem têm blog pode ler. No entanto, como não controlas o mundo da internet, quando preciso mesmo mesmo de escrever e alinhar, escrevo e publico, mas em modo privado. Só eu é que o consigo ler. 
Ainda ontem fiz isso. O texto também era sobre uma situação familiar, e precisava mesmo de gritar.. escrevi, publiquei e coloquei nos privados. Basicamente é como escrever num diário, e pode não servir de muito no sentido que também sinto a falta de outros poderem opinar, mas que fiquei mais calma, isso fiquei.
Espero ter ajudado, um beijo :)
Imagem de perfil

De Mia a 26.10.2017 às 22:45

Nem sabia que existia essa opção de colocar privado... Às vezes ajuda-me muito escrever, só o acto de colocar em palavras o que me vai na cabeça já ajuda a organizar ideias. Mas outras vezes sinto essa necessidade de "falar", de ter respostas, de ouvir outras opiniões. Num mundo perfeito podíamos escolher quem lia, não era?? :) beijinho
Imagem de perfil

De Life Inc a 24.10.2017 às 11:27

Eu acabo por escrever com filtro porque imensa gente conhecida, inclusive familiares lêem o blog. E por mais que às vezes queira desabafar acabo por pensar que a pessoa eventualmente possa enfiar a carapuça... Infelizmente já tive alguns dissabores e cada vez menos escrevo posts mais pessoais.

xoxo
Marta
Imagem de perfil

De Mia a 26.10.2017 às 22:46

E não sentes que isso compromete um pouco a forma como escreves? Já tive outros blogs que eram lidos por pessoas conhecidas, e sentia que não era tão eu... e isso faz-me falta!
Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 24.10.2017 às 11:55

Já escrevi sobre uma situação de trabalho e, por mais incrível e quase impossível que possa parecer,chegou aos olhos do meu patrão. 
Tenho textos em rascunho, em que falo de estados de espírito do momento,mas sei que iria magoar algumas pessoas que o lessem, por isso não passam de rascunhos.
Tudo o resto, tento escrever sem filtros.
Imagem de perfil

De Mia a 26.10.2017 às 22:50

Isso é muito mau... Por aqui tento ser reservada em relação ao meu trabalho por causa disso mesmo, acho que deve ser uma situação horrível!
Sem imagem de perfil

De Anita a 24.10.2017 às 12:29

 Peso sempre o impacto. O que posso dizer ou não. Até onde me deverei dar a conhecer, a quem não me conhece ou conhece. 
Imagem de perfil

De Mia a 26.10.2017 às 22:50

E não te cansas, nunca? Não sentes falta de só desabafar, sem filtro, sem limites?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.10.2017 às 12:05

Tento levar o blog sempre para o mlado mais positivo... só por isso... mas às vezes bem que apetecia ir mais longe.
Imagem de perfil

De m-M a 26.10.2017 às 10:22

Quando comecei este blogue, apostei no anonimato e sim, desabafa muito, estruturava o que se passava. Depois aligeirei. Depois apercebi-me que tenho uma vida um bocadinho diferente... e decidi voltar a partilhar, partes.
Há assuntos que não toco, pessoas que não refiro, por cautela, por cuidado, sim...
Imagem de perfil

De Mia a 26.10.2017 às 22:49

Acho que quando perdemos o anonimato acabamos inevitavelmente por perder parte da nossa essência. Por muito que a queiramos manter, acho que se fica sempre de pé atrás...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Oh, não gostaste do que escrevi?




Quem vem lá

Site Meter