Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Pergunto

por Mia, em 13.07.17

Como é que uma mãe de primeira viagem que não tenha outro acompanhamento além do providenciado pelo SNS está tranquila num momento destes?

Autoria e outros dados (tags, etc)

A médica de família encaminhou-me para o hospital público da minha zona às 32 semanas de gravidez, com a indicação de que o bebé estava a medir duas semanas além do tempo e poderia nascer umas boas semanas antes. A obstetra do privado diz que ele provavelmente quererá nascer lá para as 37. O hospital marcou-me a primeira consulta às 37 semanas e uns dias.

 

Quão estranho será se eu aparecer na consulta já com a criança nos braços?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda nas compras

por Mia, em 12.07.17

Levava comigo um saco de gomas. A menina da caixa olha para as gomas, olha para mim, e comenta: isto é que não devia comer, não era?

 

 

Sorrir e acenar, Mia, sorrir e acenar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aquele estranho à vontade que as pessoas sentem para falar connosco sobre tudo e mais um par de botas. Ontem a menina da caixa do Continente descreveu-me, em detalhe, as alterações de corrimento que lhe aconteceram nos dias que antecederam o parto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estarei rodeada de idiotas?

por Mia, em 10.07.17

201a4249b335cafc72a527e1d75d8627--my-pregnancy-pre

 

Sim, tenho barriga, estou grávida. Não, não podes tocar-lhe. Sim, tenho a certeza que é só um. Não, não vou explodir. Não, não me podes tirar fotografias, não sou um macaco no zoo. Como assim estou maior de semana para semana?! Choque. Não tens nada a ver com quanto engordei. Sim, sim, já sei, agora ocupo mais espaço. Não, não podes postar nas redes sociais essa foto que tiraste mesmo depois de eu dizer que não quero ser fotografada. Sim, gostava imenso de acumular horas de sono antes de o bebé nascer, mas isso não funciona assim. Ainda bem que me contaste que a prima da tua avó morreu no parto, adorei saber. Sim, ele é o pai (seriously?!). Se sei o que é? Estou a apostar tudo num pónei. Sim, sei muito bem o que posso ou não comer e em que quantidades. Apagas o caralho da foto que te proibi de tirar E de postar da merda das redes sociais sff???

Autoria e outros dados (tags, etc)

Então e a piscina?

por Mia, em 06.07.17

Pergunta recorrente com que me brindam quase todos os dias, às vezes várias vezes ao dia. E enerva-me. Tanto.

 

 

A partir do momento em que fazes uma casa que calha de ter uma piscina, nada mais importa e as pessoas perdem toda e qualquer noção de limites.

 

 

Estou ansiosa que a tua piscina fique pronta, diz aquela amiga afastada que nunca na vida te visitou. No próximo verão não saio da tua piscina, diz aquele primo que nem o teu segundo nome sabe. Este ano não vou de férias para lado nenhum, passo uns dias na tua casa - também já ouvi.

 

 

Acho curioso que, no inverno, quando nos mudamos, não vi tanta ansiedade em ajudar a carregar caixotes.

Nem nos primeiros tempos, quando a casa não tinha aquecimento, ou isolamento, ouvi  alguma dessas pessoas perguntar se estávamos confortáveis, se precisávamos de alguma coisa, sei lá, se nos podiam emprestar um aquecedor ou assim.

 

 

Ninguém teve vontade de nos visitar no inverno.

 

 

Mas de repente o tempo começa a aquecer e está tudo aflito com a piscina. Então e a piscina? Ainda não está pronta? O que falta? Quando vai ficar? As mesmas pessoas, em loop, recorrentemente.

 

 

Ide todos pró caralho.

 

 

A piscina não está pronta, porque nós decidimos assim, porque optamos por deixar o mais supérfluo para o fim e garantir primeiro coisas básicas como isolamento, saneamento, aquecimento, esses "detalhes". E sabem o que mais? Fizemos a melhor opção, mesmo que não agrade a muita gente.

 

 

Estou seriamente cansada disto e a um passo de começar a responder torto. Não quero amigos-andorinha, amigos sazonais que estão sempre cá enfiados quando é verão e depois no inverno partem para paragens mais quentes. Quero os meus amigos de sempre, que aparecem por cá mesmo que esteja a chover, e não me falham quando preciso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fresca e fofa

por Mia, em 05.07.17

Quando idealizamos a casa, optamos por não colocar ar condicionado. Porque tem custos energéticos e de manutenção elevados, porque é mau para o ambiente, porque pode agravar problemas respiratórios, porque seca os olhos a quem - como eu - usa lentes de contacto, porque não me soava bem, porque vivi toda a vida sem ar condicionado e não havia de precisar dele agora, porque "quem tiver calor que se atire à piscina, ora essa!".

 

Investimos antes no aquecimento central - que sou uma pessoa friorenta - numa boa caldeira e painéis solares, mais ecológico e económico.

 

 

Mas depois chegou o verão. E eu estou gravidíssima.

 

 

Não estava a aguentar.

 

Esta casa vai ter excelente exposição solar - disseram eles. Pois vai. Sol o dia todo, puta que os pariu, 39º na rua e 29º dentro de casa, num forno que nem é  bom pensar. Comecei a alucinar. Deixei de dormir, deixei de estar bem fosse de que forma fosse, começamos os dois a panicar com a história da morte súbita e de como o calor pode ser prejudicial ao bebé. E decidimos voltar atrás.

Por precaução, tínhamos optado por deixar feita a pré-instalação do ar condicionado na casa toda. Entre tomar a decisão e avançar para a colocação, foi um instante, e sou agora uma pessoa muito mais feliz - e arejada. O ambiente que me perdoe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estou farta de bichos

por Mia, em 04.07.17

Eu sei que já me queixei várias vezes, mas sabeis lá vós. Eles entram e eu nem sei por onde. As janelas estão fechadas e só abrimos com as redes mosquiteiras colocadas, e ainda assim não há dia que não mate um bicho dentro de casa. E veja dezenas lá fora. Preciso de uma solução milagrosa. Alguém já experimentou aquelas coisas de por na tomada anti roedores, rastejantes e afins, que supostamente afastam tudo com ultra sons? E algum produto com que se borrife a casa por fora para repelir tudo o que é bicheza? Existe? Preciso disso como do pão para a boca... Estou que nem posso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aquela pessoa que mal conheces mas que te encurrala no meio da rua e te dá uma seca de 40 minutos enquanto disserta sobre como não deves dar ouvidos às opiniões dos outros, que todos têm a mania que sabem mais do que as mães, e ao mesmo tempo te vai deixando sábios conselhos sobre como deves educar o teu filho...

Autoria e outros dados (tags, etc)

E depois ela disse:

por Mia, em 03.07.17

"Eu tenho muita sorte com o meu homem, muita sorte mesmo. Ele sai à noite à sexta e sábado, mas o domingo é sagradinho, é reservado para a família".

 

Sendo que ela tem a minha idade (super jovem, portanto), dois filhos pequenos, e ele ainda fica a "trabalhar" até mais tarde sistematicamente. Mas tem muita sorte, pois que tem, que ele ao domingo dá-lhe a honra de fazer companhia à família. Na volta até é daqueles que "ajuda" com os filhos às vezes. Sortuda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...quando pessoas que vês frequentemente se começam a despedir com a frase "bem, se não nos virmos antes, desejo-te uma hora pequenina".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Oh, não gostaste do que escrevi?