Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aprendeu o "não"

por Mia, em 16.03.18

Dizem os livros que os seis meses é a altura de introduzir o "não" na vida dos bebés. Tentei, mas não me ligava nenhuma, até à semana passada.

 

Sentado no meu colo, viu um tubo de creme de mãos e pegou nele. Levou à boca e eu disse "não". Firme, séria, enquanto abanava o dedo. Tirou o tubo da boca e olhou para mim. Repetiu, novo não. Tirou, olhou para mim, fez beicinho. Tentou de novo, mais uma vez "não". Desatou num pranto.

 

Assim.

 

Não lhe toquei, não lhe tirei o creme, mas disse-lhe que não podia fazer algo que queria. É claro que me partiu o coração vê-lo a chorar, mas senti que foi uma vitória. Dei-lhe um abracinho para o consolar, enquanto lhe dizia: podes brincar, mas não podes por na boca (sei lá se ele entende!).

 

Passadas algumas horas, sentados no trocador depois de mudar a fralda, tentou agarrar o creme das assaduras e por na boca. Novo não, novo beicinho, nova tentativa, novo não, choro, abraço - podes brincar, mas não podes por na boca.

 

Agora, sempre que vê um tubo de creme, pega e brinca, enquanto vai deitando o olho para ver a minha reação. Não mete à boca. Quando começa a aproximar da boca e eu faço cara séria, mesmo sem dizer que não, atira-se para me dar um abracinho e sorri. Quando está a fazer algo e eu digo que não, fica a olhar para mim, muito sério, e raramente continua.

 

Há quem seja da opinião de que é muito cedo, que a educação se dá mais tarde, que estou a ser ditadora. Eu acho que as crianças precisam tanto de regras e de estrutura como de amor e carinho, desde o primeiro momento. E vocês, acham o quê?

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De Nuvem a 16.03.2018 às 10:22

acho que quero ser uma mãe como tu! partilho exatamente da mesma opinião! se for desde pequenino amor e educação, será com certeza um bom filho!
Imagem de perfil

De Mia a 27.03.2018 às 09:46

oh, obrigada :) espero que sim, odeio ver crianças mimadas e insuportáveis!
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 16.03.2018 às 10:43

Eu já começei com o não e cara séria há algumas semanas, claro que não nutre efeito nenhum.. mas lá chegarei =)
Beijinhos
Imagem de perfil

De Mia a 27.03.2018 às 09:45

No início é mesmo assim :D o importante é manter a consistência.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.03.2018 às 22:07

Eu não tenho filhos, mas acho que fazes bem em habituá-lo já a lidar com a frustração. Quanto mais cedo melhor, acho eu. 
Imagem de perfil

De Mia a 27.03.2018 às 09:43

Também acho, sem exageros claro, mas aprender que nem sempre pode ser tudo como ele quer.
Imagem de perfil

De mami a 17.03.2018 às 11:58

concordo perfeitamente contigo. não sabia que os seis meses tinham esse "marco"...mas também ainda estou nos 3 meses ;)
ser mãe não é fácil...sobretudo porque exige força e consistência da nossa parte nestas questões
Imagem de perfil

De Mia a 27.03.2018 às 09:43

A pediatra disse-nos que os seis meses eram o recomendado, mas que deveríamos fazer como e quando fosse melhor para nós. Isso é tão verdade, a consistência é um dos maiores desafios, as crianças precisam de estrutura e para nós às vezes era muito mais simples ceder.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Oh, não gostaste do que escrevi?