Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Robôs de cozinha para fazer comida de bebés, sim ou não?

 

Ponderamos comprar uma Bimby, uma Yammi ou aquela semelhante do Lidl, mas confesso: não só não percebo nada de robôs de cozinha como acho que são caros e que não lhes darei o devido uso. Na verdade nunca senti falta de um até agora: faço as piores sopas de sempre, e temo pelo apetite do monstrinho. Vai daí que resolvemos espreitar os robôs especializados em comida de bebé. Alguém desse lado já usou? Funciona bem? Vale a pena ou é dinheiro deitado ao lixo e mais vale avançar logo para uma coisa mais potente?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:58


10 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 23.11.2017 às 09:14

lá vou eu parecer uma velha do restelo. Mas a sopa dos meus filhos foi sempre feita com a varinha mágica e ficavam lindamente. Mesmo que, na altura, houvesse Bimbys ou afins, não iria comprar só por causa das sopas deles, até porque, a determinada altura, até é conveniente que se habituem à consistencia da comida
Imagem de perfil

De Mia a 27.11.2017 às 17:42

Eu sou uma nódoa a fazer sopa. A minha sopa sai SEMPRE verde e com um sabor horrível. No entanto custa-me dar um dinheirão por um robot de cozinha que sei lá se dá assim tanto jeito. Há uns próprios para sopas e papas de bebé que são bastante mais económicos, mas questiono-me: porque é que a diferença de preço será tão elevada?
Imagem de perfil

De Margarida a 23.11.2017 às 09:46

Eu cá não tenho bebés mas não vivo sem a minha bimby! A bicha faz de tudo e com uma facilidade incrivel. Não há dinheiro que pague o tempo que não perco a cozinhar. É só atirar os ingredientes lá para dentro, pôr a trabalhar e posso ir à minha vida (sair para correr, passar a ferro, tomar banho ou outra coisa qualquer), e ela ainda apita para avisar quando está pronto :)
Imagem de perfil

De Mia a 27.11.2017 às 17:43

Toda a gente que conheço que tem bimby diz isso. Confesso que não entendo muito bem como funciona, mas a ideia de comprar uma bimby ou semelhante parece-me cada vez mais real.
Imagem de perfil

De nada acontece por acaso a 23.11.2017 às 22:31

Confesso que nunca tive tal coisa. A simples varinha mágica chegou sempre para tudo, das sopas à fruta passada e para os meus dois filhos foi o que usei. Acho um absurdo os valores que custam esses ditos robot de cozinha, por mais apto que sejam.
Imagem de perfil

De Mia a 27.11.2017 às 17:47

Também acho muito caro, por isso começamos a ver aqueles mesmo específicos para bebés, cujo preço chega a menos de metade dos outros. Mas não conheço ninguém que tenha, não sei se efectivamente são bons...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.11.2017 às 22:10

Depressa ele estara a comer comida igual a dos adultos...
Imagem de perfil

De Mia a 27.11.2017 às 17:47

Também é verdade, no entanto a sopa há de comer por algum tempo. E eu sou terrível nas sopas!
Imagem de perfil

De Sonhadora a 27.11.2017 às 23:48


Pela diferença de preços acho que mais vale comprar um robot de cozinha para toda a família. E como já disseram, eles em menos de nada começam a comer o mesmo que nós. 
Comprei a Yammi 1 quando estava grávida para me facilitar a vida e estou satisfeita. O investimento não foi grande e ajuda-me na hora da sopa, o principal uso da máquina, é só ligar e ir à minha vidinha enquanto faz! :) 
Imagem de perfil

De Mia a 05.12.2017 às 14:18

Pois, confesso que essa ideia de a deixar a cozinhar e ir fazer outras coisas me agrada muito!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Oh, não gostaste do que escrevi?