Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




... começamos a tentar averiguar de onde vieram as lagartas e a resposta foi óbvia: da relva. Senão vejamos: foi colocada, há dois meses, relva em tapete em todo o terreno. Relva natural, pronta a usar. Relva essa que nos indicaram ser de excelente qualidade, enriquecida com os melhores adubos e livre de infestantes. Tudo muito bonito.

 

Entretanto aparecem as lagartas, exclusivamente nas zonas onde foi colocada a dita relva. Zonas do jardim onde não colocamos o tal tapete, não têm lagartas. Jardins da vizinhança? Também não. Mato atrás da casa? Nop.

Ora, dizeis vós: não é estranho que um terreno que durante anos nunca teve uma infestação agora esteja cheio de bicheza? De onde vieram? Não me venham dizer que as borboletas vieram cá pousar milhares de ovos e escolheram ignorar todos os relvados à volta...

 

Sucede que a empresa que colocou a relva diz que não. Nem pensar que a relva estivesse infestada, onde já se viu. Assumir responsabilidades nem pensar, já vos colocamos os tapetes, o nosso trabalho está feito. Mencionei que estamos a falar, para além do incómodo de ter uma infestação de lagartas, num valor de quatro dígitos gasto na puta da relva que em três dias ficou completamente queimada?! Pois.

 

E agora? Como é que se faz uma empresa assumir responsabilidades sobre esta cagada?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:01


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Filipa Freitas a 03.10.2017 às 16:55

Olá!

Os Julgados de Paz têm competência para apreciar e decidir ações declarativas cíveis sobre questões de responsabilidade civil contratual e extracontratual, entre outras, de valor não superior a 15 000, 00 €.

(Para consultar as condições e contactos do Julgado de Paz competente espreite a página de internet da Comissão de Acompanhamento dos Julgados de Paz em http://www.conselhodosjulgadosdepaz.mj.pt (http://www.conselhodosjulgadosdepaz.mj.pt/)).

Boa sorte!


Imagem de perfil

De Mia a 16.10.2017 às 10:16

Obrigada!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Oh, não gostaste do que escrevi?