Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Está tudo bem, por agora.

por Mia, em 05.12.17

Sendo que por agora são as palavras dominantes, que me tiram o sono e não me deixam sossegar.

 


Já aqui tenho dito várias vezes: não quero um bebé precoce, quero um bebé normal e saudável. Mas o meu filho trocou-me as voltas.
Na consulta dos quatro meses, a pediatra verificou que a fontanela anterior estava já praticamente fechada. E isso é mau? Pode ser. E num bebé de quatro meses, tudo o que pode ser mau, é assustador.


A fontanela anterior localiza-se no alto da cabeça e é uma zona membranosa onde, tendencialmente, as pessoas evitam tocar por se pensar ser frágil. Este espaço "aberto" entre os ossos do crânio ajuda à passagem do bebé pelo canal de parto, bem como ao desenvolvimento do cérebro e crescimento do crânio.


Normalmente o encerramento da fontanela anterior ocorre entre os 6 e os 9 meses, sendo que apenas solidifica completamente já perto dos dois anos. Ora, tendo a moleirinha quase fechada aos quatro meses, não é difícil de entender que o cenário não é motivador. A cabeça tem que crescer juntamente com o cérebro, caso contrário pode acontecer a sua compressão e possíveis danos neurológicos. A juntar à festa da preocupação: um aumento de apenas 0,5cm de perímetro cefálico nos últimos 2 meses, não era animador.

 

Cranioestenose. A palavra que está em loop na minha cabeça há uma semana. O tratamento é só um: cirurgia. O mundo caiu-me aos pés, e forcei-me a não pesquisar mais sobre o assunto. Não que não quisesse saber - oh se quero, quero saber tudo - mas porque o exame que seria o passo seguinte foi marcado para uma semana após a consulta, e sei que consigo facilmente entrar numa espiral destrutiva e derrotista, se me propuser a isso.

Aguardamos, pacientemente ou não, a tal semana. Não sei quantas vezes olhei para ele e me desfiz em lágrimas, quantos pensamentos horrorosos me passaram pela cabeça, quantas vezes rezei e desejei com tanta força que estivesse tudo bem.

 

 

O exame foi ontem, e, neste momento, está tudo bem. O desenvolvimento do cérebro do monstrinho está a acontecer conforme expectável para a idade, e para já não é necessário fazer exames adicionais. É vigiar que a cabeça continua a crescer - nunca desejei tanto ter um bebé cabeçudo - e esperar pelo melhor.

 

Por aqui já se respira, mais ou menos, mas ainda sinto o perigo ali ao virar da esquina. Obrigada a todos pelas boas vibrações, parecendo que não, ajuda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:59


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Oh, não gostaste do que escrevi?