Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E não estou contente com isso.

 

 

Parece confuso?

 

 

É aquela palavrinha ali que me faz espécie, "electiva". Que diz que "escolhi" fazer uma cesariana, que me faz sentir mais fraca, menos capaz, de alguma forma menos digna.

 

 

Não sou de fanatismos: já aqui disse que queria um parto natural, pelas vantagens comprovadas, mas se tivesse que fazer uma cesariana aceitaria pacificamente. Mas não "tive que". Foi-me recomendado que o fizesse, devido ao peso da criança e à perspectiva de um parto complicado, mas em ultima instância a decisão foi minha, nossa, e decidimos os dois que não valia a pena correr o risco. Decidimos que o bebé, eu, e a nossa família somos a prioridade.

 

 

Então porque me sinto assim? Porque sinto que estou a falhar? Porque é que tenho vergonha da minha opção, como se escolher evitar um parto traumático fosse uma coisa terrível?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:55


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Sandra a 28.07.2017 às 09:54

Olá!

Espero que esteja tudo a correr bem. Primeiro aproveita estes últimos momentos com o bebé ainda dentro de ti porque é uma sensação maravilhosa e única e depois não penses muito no assunto da cesariana, deixa tudo acontecer naturalmente e confia que tudo vai correr bem.

Eu tive três cesarianas, na primeira gravidez a médica (no privado e que sempre me seguiu e já segue também a minha mais velha) disse-me logo que só com um milagre dos que eles fazem no hospital público é que a teria por mim. A primeira cesariana aconteceu, não dilatei nem um único dedo, nem com a medicação para o fazer... nada, tive de ir para o bloco e eu que sempre me dizia que nem epidural queria tive de a gramar na mesma Image. Na segunda gravidez já fui para o privado e ainda pensei é desta que vem o parto normal, nem pensar, outra cesariana. E como não há duas sem três o último de cesarina nasceu.
Mas acredita que quando tudo está planeado não estás muito tempo em trabalho de parto, a cesariana depois sara mais depressa e não dá tantas dores de cabeça.
Um beijinho e uma hora muito pequeninaImage

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Oh, não gostaste do que escrevi?